18 Comentários

  1. Prezado Beto

    em meu cartão de crédito diz que a taxa mensal no credito rotativo é 12,52%am do lado aparece a taxa anual de 311%aa que eu sei como chegar, mas ele informa que o CET É de 349,38%aa devido ao iof, como faço pra chegar nesse valor?

    obrigado

  2. Author

    Olá, Regina Celia,
    Muito obrigado pela sua visita e seu comentário.
    Com relação ao cálculo, o processo é o seguinte: os juros são capitalizados, isto é, eles incidem cumulativamente. Por essa razão, se você dever no início do ano 100,00, ao final chegará a 411,00. Isso acontece assim: no primeiro mês, você estará devendo 112,52, no segundo 126,60, no terceiro 142,46, e por aí vai, até que chega a 411,87, isto é, 311,87% de juros.
    Para calcular e verificar que você chegou neste valor, será necessário utilizar a seguinte expressão: 1,1252^12 (elevado a 12a. potência), isto é, o produto sucessivo de 1,1252 (1,1252 x 1,1252 x … x 1,1252 – doze termos)
    Para o cálculo do CET é necessário saber os elementos que estão no custo, de modo que não posso fazer aqui, mas dá uma dimensão de que o custo do crédito é maior do que os 12,52%, que são só os juros.
    Em vez da preocupação em realizar estes cálculos, você deveria evitar utilizar esse crédito escorchante. 12,52% ao mês é algo que não é digno sequer de comentário.
    Abraço do Beto

  3. Olá,
    estou com as seguintes dúvidas:
    1)O que são taxas adicionais em finanaciamentos de automóveis?Quais são elas?
    2)Qual é a taxa média cobrada no mercado, para financiamento de automóvel, ano 2001?

    Obrigado desde já!!

  4. Author

    Olá, Vinícius,
    Por favor, entre em contado com o Banco Central pelo SAC que está na primeira página daquele órgão.
    Eles terão a primeira informação e você poderá perguntar como obter a segunda (ela encontra-se nas séries temporais que estão na coluna esquerda do site no item Economia e Finanças).
    Abraço do Beto

  5. Primeiramente , boa tarde .Fiz um emprestimo consignado no banco morada em 16/11/2009 60x de 341,88 ,o juros cobrado na epoca foi de 1.70 ao mes e 22,42 ao ano o valor em dinheiro que peguei foi 12.427,00 reais ,nao sei fazer a conta de qual é o valor que devo pagar no caso de quitaçao , se for possivel gostaria que o senhor fizesse um simulado com estes valores so para eu ter uma base se a carta que pedi de quitaçao eta correta ou proxima pois so a receberei dia 09/12/2010 .Desde ja agradeço por sua atençao .

  6. Author

    Olá, Rossy,
    Muito obrigado pela sua confiança, mas não há como eu fazer estas contas nesse momento. O Procon de sua cidade pode ter este tipo de serviço.
    Abraço do Beto

  7. Prezado Beto Veiga,

    Há cerca de 2 anos e meio fiz um empréstimo consignado por meio de intermediário bancário.

    Examinando o contrato vi que o dinheiro emprestado é cerca de 30% maior do que recebi.
    No contrato há uma tal de “valor de ressarcimento a terceiros”. Pesquisando na Net vi que também chamada de “taxa de retorno” e parece não ser legal segundo O Banco central e o ministério público.

    Como proceder para ter esse dinheiro de volta?

  8. Senhor Beto Veiga,

    Minha situação é igual à colocada no início do artigo. Estou perdendo algo em torno de 4K, na liquidação antecipada. Pergunto: há algum movimento para questionar essa resolução do bacen (3516)? Os juízes a estão adotando? Por fim, sua explicação foi bastante didática. Obrigado.

  9. Author

    Olá, Cícero,
    Grato pelo comentário.
    A Lei deixa uma brecha para você ignorar a norma do CMN e ir buscar o seu direito.
    Desconheço as decisões judiciais, mas é fácil procurar, basta entrar na página dos tribunais e consultar no formulário de buscas. Aconselho você que faça isso.
    Abraço do Beto

  10. Boa noite..
    Em um contrato da seguinte forma:
    valor financiado 20.000,00
    Juros remuneratórios: 1,44% ao mês e 19% ao ano
    CET: 1,73% ao mês e 23,21% ao ano

    Quando vou fazer a conta no BACEN devo colocar os juros remuneratórios ou o CET?
    Obrigada

  11. Author

    Olá, Juliana,
    Para fazer a conta os juros indicados pelo BC são os remuneratórios. Há alguns pontos que eu acho que deveriam ser diferentes, mas não há como comentá-los neste momento.
    Abraço do Beto

  12. 09/06/2012
    Olá Beto Veiga !

    Por favor, preciso de sua ajuda !
    EFETUEI A COMPRA DE UM CARRO O ANO PASSADO ANO FAB 2011 / MODELO 2012 , VEJA SÓ DEI DE ENTRADA 23.500,00 E PARCELEI O RESTANTE EM 60 x 448,56 OU SEJA Valor total do veículo a prazo de 50.413,60 .
    AGORA NESTE EXATO MOMENTO ENTRO NO SITE DELES E VEJO QUE O MESMO CARRO, SÓ QUE ANO FAB 2012 / MODELO 2012 ALÉM DE SER MAIS NOVO ESTA MUITO , MAIS MUITO MESMO MAIS BARATO . O ANUNCIO DIZ :
    Entrada de R$ 20.994,00 (60%) à vista, mais 48 parcelas mensais fixas de R$ 398,62 com vencimento da 1ª parcela para 30 dias. Taxa de juros de 0,89% a.m. e 11,2186% a.a., a Custo Efetivo Total de 1,35% a.m. e 17,52% a.a., com IOF de 1,5% a.a para Pessoa Física . Valor total do veículo a prazo de R$ 40.127,76.
    OU SEJA DE 50.413,60 QUE EU VOU PAGAR , O MESMO CARRO HOJE FINANCIADO SAI POR 40.127,76 UMA DIFERENÇA DE 10.285,84 .
    O QUE POSSO FAZER ?

  13. Author

    Olá, Anderson,
    Acho que a sua situação só se resolve com uma portabilidade do crédito para outro banco, para tentar diminuir os juros.
    Abraços do Beto

  14. Obrigado por tirar minha duvida!!!!

  15. Fiz um empréstimo de R$ 162.053,95 no Banco do Brasil. Pagando o iof de 5.171,86 e outras taxas o valor financiado foi de R$ 167.225,81 para ser pago em 96 prestações de R$ 3.254,81.

    Após pagar 9 parcelas, ou seja, R$ 29.293,29 fui surpreendido quando quis renegociar o crédito com juros mais baixos, pois fui informado que o saldo devedor atual é de r$ 175.354,78, ou seja, paguei quase trinta mil reais e a dívida aumentou ao invés de diminuir.

    Com uma cobrança equivocada assim, como o cliente pode buscar a portabilidade do crédito?

    O Banco do Brasil não faz a redução proporcional dos juros da maneira adequada, obrigando os clientes a buscarem uma solução judicial para a portabilidade.

  16. Prezados srs. fui a cef em 08.06.12 e devo hoje r$ 7.600,00 da conta corrente, r$ 10.000,00 de empréstimo consignado e r$ 15.000,00 de cdc. fiquei desempregado em julho/2011e só consegui pagar até novembro/2011. agora a cef pega o valor total da dívida e quer de 10 a 20% de entrada para parcelar o resto. o total para pagamento a vista seria de r$ 32.600,00. acredito estar abusivo pois refinancia tudo de novo e é juro sobre juro. qual o conselho e o que devo fazer a respeito? obrigado. seria também o primeiro refinanciamento. divonsir.

  17. Olá Beto. Trabalho com portabilidade de crédito e devido a guerra que é travada entre bancos, existe muitas dificuldades para os clientes conseguirem o saldo de liquidação antecipada do crédito consignado.
    Desta forma, tentamos fazer uma planilha que possibilitasse calcular o valor de quitação antecipada tendo em mãos o valor e data do contrato, data de juros, valor do empréstimo entre outros. Fizemos uma planilha e o valor para o saldo no Banco do Brasil sempre dá diferença. Se verificar no mês a mês, as parcelas vão tendo o valor com desconto normal, mas sempre na última parcela, o valor do banco é maior do que o valor calculado pela planilha. Já quebramos a cabeça, mas não chegamos a uma solução. Você sabe o porque desta diferença de centavos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 3 =