Assine via RSS Feed Connecte-se comigo no LinkedIn

Como calcular a atualização de valores

Duas leitoras fizeram perguntas sobre a forma de atualizar valores em diferentes situações. Vamos a elas:

Olá Beto, apliquei oitenta mil reais no ano de 2004 num imóvel, preciso saber qual o valor dele hoje corrigido. Agradeço pela atenção, aguardo retorno.

Ana Lucia

Um ex-cliente quer quitar sua dívida de R$75,00 de um cheque emitido em março de 2004(!!!!)…. Como posso calcular os juros para poder cobrar dele? Se for em cima da poupança, ficaria perto de 113 reais… O correto não seria em cima de juros do banco???

Mônica

Embora os dois casos sejam diferentes, o remédio é o mesmo quando se trata de fazer a atualização: a Calculadora do Cidadão, fornecida pelo Banco Central.

Ela pode ser acessada clicando no endereço acima, ou pela página principal do BC, o que dá um pouco mais de trabalho, porque são vários cliques para chegar lá, começando pelo “Serviços ao Cidadão”, um quadrinho que fica no canto inferior direito da página, onde consta o telefone da Central de Atendimento do órgão.

Muito bem, vamos fazer as contas para saber os valores questionados, isto é, deixe as contas com o Banco Central, eu vou só reproduzir aqui.

No caso da Ana Lucia, vou supor que ela tenha pago os R$ 80.000,00 no final do ano de 2004 e o cálculo será feito até agosto. Farei a correção por 3 índices: Inflação (IPCA), Poupança e Selic.

Resultados: R$ 100.038,66 (IPCA), R$ 115.438,68 (Poupança), R$ 148.634,28 (Selic).

Para a Mônica, a abordagem é um pouquinho diferente. Ela pergunta, na realidade, se seria melhor utilizar “juros de banco”. Vou calcular, então, pela taxa Selic, que não é bem o que ela questiona, mas vamos aos números primeiro:

Resultado: R$ 155,93 (Selic).

Bom, Mônica, finalmente, devo dizer que a cobrança pelo valor que um banco cobraria também pode ser calculada com o sistema do Banco Central, desde que você utilize o caminho completo que falei no início, escolhendo a opção de Valor Futuro de um Capital, neste endereço.

A questão é: qual a taxa que você considera “juros do banco”. Aliás, as taxas sofreram modificações muito grandes nesse período, inclusive variando de acordo com o tipo de linha de crédito utilizada. No seu caso, o que estava acontecendo era um atraso, de forma que deveria ser aplicada uma multa sobre o valor, que hoje é estipulada em 2% (uma única vez sobre o valor total).

Finalmente, vale lembrar que se você não estipulou no início, fica meio complicado cobrar agora. O mais importante, a meu ver, é que se você está tendo a oportunidade de receber o cheque que está há mais de cinco anos “em aberto”, agradeça aos céus e coloque o dinheiro no bolso.

Mantenha-se informado. Receba as postagens grátis!:Clique aqui e assine.

Tags: , , ,

Categoria(s): Calculadoras, Interação


Sobre o Autor: Humberto Veiga é advogado na área bancária e empresarial, doutor em economia pela Universidade de Brasília. ɉ também mestre em economia da regulação. Iniciou sua carreira no mercado financeiro em 1989. Foi gerente de produtos, de marketing e regional do segmento pessoa física. Trabalhou no Banco Central do Brasil com regulação de bancos na área de risco de mercado, derivativos de crédito, banco eletrônico, dentre outros. Realiza palestras e é autor de livros na área de educação financeira e de investimentos. Perfil no Google+

44 comentários

Trackback URL | RSS Feed dos comentários

  1. Hilton disse:

    Bom dia Beto, preciso atualizar o saldo de algumas ações do banco do brasil pq achei uns títulos de compra de mais de 100.000 ações e ai fiz uma pesquisa no banco e ele me respondeu que só tenho 12 ações. Poderia me dar uma ajuda?
    Muito obrigado.

  2. Beto Veiga disse:

    Olá, Hilton,
    Isso pode decorrer de algum reagrupamento de ações. Creio que o melhor lugar a recorrer é diretamente junto à bolsa. Envie um e-mail para lá com uma descrição da sua compra, inclusive a data, perguntando quais foram os reagrupamentos de ações para o papel em questão. Eles certamente irão indicar o melhor caminho para você.
    Paralelamente, você pode mandar uma mensagem para o departamento de Relações com Investidores do Banco do Brasil, para ver o que eles informam.
    Abraço do Beto

  3. Tatiana Silva disse:

    Boa noite,

    Como faço para saber o desconto real de uma mercadoria que me dá varios descontos
    Ex: 197-41,61%-5%-15%-5% gostaria de não precisar usar toda esta pocentagem transforma-laapenas em um valor de desconto
    Como faço isso?

    Tatiana

  4. boa noite, gostaria de saber como é a metodologia utilizada na calculadora cidadão para encontrar os indices que ela fornece? ja segui a metodologia que a mesma explica no excel mas não funcionou, vc pode me ajudar nesta duvida?

  5. Beto Veiga disse:

    Olá, Donizzette,
    Não entendi a sua pergunta.
    Para calcular atualização de valores você precisa de uma base de dados com os índices e as datas.
    Se você for mais específico talvez eu possa ajudar.
    Abraço do Beto

  6. Marcio disse:

    Olá , Beto. Tenho um dinheiro para receber (650.000 reais), que deverão ser atualizados de outubro de 2008 até o presente. Este valor (corrigido) deverá então ser parcelado em 72 meses (07 anos). Preciso de um indice de correção monetária que me seja o mais favorável para os dois casos.

  7. Beto Veiga disse:

    Olá, Marcio,
    A primeira resposta é fácil: vc usa a calculadora e pesquisa qual foi o índice mais favorável no passado.
    A segunda: só mesmo fazendo uma avaliação, ainda que não haja como garantir o sucesso da sua escolha com 100% de probabilidade, porque sempre há o imponderável nos rondando.
    Abraço do Beto

  8. Paulo Henrique disse:

    Boa Tarde Beto,
    Estou tentando atualizar um crédito pago indevido/maior de 1991 (PA 06.12.1991) para a data hoje e não estou conseguindo achar o indice para atualização anterior a entrada do Real você poderia me ajudar?
    O valor da época é CR$ 39.432.539,00.

    Muito obrigado.

  9. donizzette gomes disse:

    gostaria de saber a metodologia para aplicação da taxa selic para calculos judiciais?
    ex : tenho um periodo de 05/2005 a 06/2009 valores correspondente ao salario minimo deste periodo e a sentença manda atualizar os valores com a taxa selic para 11/2011.onde consigo a tabela e se a selic corrigi e aplica juros ao mesmo tempo ou devo atualizar e depois colocar a taxa selic mes a mes?

  10. Leonardo disse:

    Boa tarde Beto,

    gostaria de investir R$ 15.000,00 em tesouro direto (NTN-B) por 5 anos. Nesta classe de investimento o cálculo do rendimento seria de cerca de 5% a.a. mais a correção da inflação pelo IPCA. O valor lançado na calculadora para 5 anos (exemplo: considerando 02/2007 a 02/2012) seria de R$ 20.344,58. Somando 5% a.a., o valor total seria, para o exemplo, de R$ 3.750,00 (juros a 5% a.a.) + R$ 20.344,58, totalizando = R$ 24.094,58. É isso mesmo?

    Abraços

  11. Beto Veiga disse:

    Olá, Leandro,
    O cálculo, supondo 5% de taxa de juros fixos, é o seguinte: 1,05^5 = 1,2762815625 (o chapeuzinho quer dizer elevado, se você usar a planilha, é só colocar o sinal conforme eu escrevi)
    A parte fixa, portanto, é de 27,63%. Se você aplicar R$ 15.000,00, terá 19.144,22. Este valor será corrigido pela variação da inflação (IPCA) no período.
    Se a inflação foi de 17%, multiplica de novo por 1,17, resultando R$ 22.398,74.
    Espero que tenha ficado claro.
    Abraço do Beto

  12. Denise Oliveira disse:

    Boa noite,
    Gostaria que você me orientasse como fazer a correção para o pagamento de uma dívida assumida em dólar(EUA). Data da dívida 31/08/1993 valor US$38.000,00 o pagamento será efetuado em real agora em maio/2012, a correção deverá ser feita pelo rendimento da poupança. Obrigada.

  13. carlos alexandre disse:

    Olá AMIGO,vi no tj que a juiza me deu causa ganha no valor é de 60.000,00 desde a data do processo já faz cinco anos e meio.Isso quanto daria hoje?OBRIGADO

  14. Beto Veiga disse:

    Olá, Carlos Alexandre,
    Você pode procurar uma calculadora na própria página do TJ. Lá eles possuem atualizadores de valor.
    Abraço do Beto

  15. wagner disse:

    olá amigo, boa noite!!
    tenho uma causa na justiça desde 1994. o juiz condenou a empresa a pagar R$75.000,00 de danos morais e materiais, corrigidos a taxa selic desde a data do evento danoso que ocorreu em 31/12/1993. como faço para fazer a correção/atualização desse valor? vc pode enviar a memoria de calculo?
    desde já agradeço pela ajuda.
    abraços
    wagner

  16. rita disse:

    Por favor Beto Veiga me ajude: em abril de 2002 o valor de R$1.693,58 corrigido com incidência de juros e correção monetária pela taxa SELIC, qual será este valor corrigido em outubro de 2012.
    cordialmente

  17. Gregory Somers disse:

    preciso saber quanto valem em R$ de hoje um valor de U$ 10.000,00 pago em 01 novembro 1978

    muito grato

  18. raquel varella disse:

    preciso do valor atualizado de 19.500,00 pela correção da poupança entre 15/07/11 a 03/01/13.

    agradeço a atenção,

    raquel

  19. Maria Thereza Nogueira disse:

    Boa tarde

    Estou vendendo uma vaga de garagem por RS60000,00 , à vista . O provável comprador pediu um parcelamento deste valor . No caso de eu parcelar em duas vezes (entrada e mais 30 dias ) , posso cobrar um ágio em cima do valor da venda ? Qual seria o índice a aplicar , neste caso ?

    Obrigada

  20. Beto Veiga disse:

    Olá, Maria Thereza,
    Para calcular a atualização de valores é importante saber qual o índice utilizar. Você pode fazer algo mo cobrar a variação da Poupança.
    utilize a ferramenta indicada.
    Abraço do Beto

  21. Gustavo disse:

    Bom dia Beto!
    Tenho um processo contra a seguradora do Bco do Brasil de um seguro de vida q minha esposa deixou pra mim e minha filha.Ela faleceu de acidente de carro e a seguradora não pagou em dobro como é previsto por lei.Gostaria de saber qual é o indice usado nesse caso.
    Agradeço desde ja sua atenção!
    Um abço Gustavo Lopes

  22. VILSON disse:

    correção de preço de juros de financiamneto de imovel corrigido pelo IPCA mensal, o valor e corrigido sobre o valor fixo da parcela que esta no contrato ou vai variando juros sobre juros que nao esta descrito no contrato.

  23. solange disse:

    gostaria de saber qual a taxa certa para fazer uma correção de valor ganho na justiça, pois ganhei uma causa e fiz o calculo pelo INPC, e agora fiquei sabendo que a instituição recorreu dizendo que o valor esta errado, porque deveria ser pelo índice da poupança, com isso eles lá fizeram o calculo e reduziu em 5.000 o valor para eu receber. Pergunto: eles estão certos?

  24. Gisele disse:

    Tenho uma divida de 66.000,00 venceu em out/12 tem juros de 2% mais + a inflação do período. vou pagar em mai/13. Como é feito o calculo?

  25. Max Anselmo Carvalho disse:

    Prezado Mestre Humberto

    Minha dúvida é referente ao cálculo de uma atualização de um depósito judicial fiscal no qual vou utilizar como taxa a SELIC.

    Prazo: Depósito inicial 05/02/2000.
    Data Base: 31/12/2012

    Para o cálculo da taxa, faço a conversão para dias úteis. i=7,6a.a (1/252)

    Minha dúvida é em relação ao prazo, também tenho que utilizar n= dias úteis, 31/12/2012 (-) 05/02/2000?
    Caso sim, como eu cálculo os dias úteis desse período?

    Max Anselmo carvalho

  26. Silvia disse:

    Boa noite.
    Por gentileza, gostaria de uma ajuda sua, Tenho um cheque no valor de R$ 249,00 emitido em 14/05/2009 e preciso saber quanto ele valeria hoje dia 14/06/2013, calculados de acordo com a inflação. Você poderia por gentileza me ajudar? Agradeço profundamente.

  27. Kátia disse:

    olá,no ano de 2007 emprestei o valor de 6.000,00 para uma irmã comprar um imóvel mas ela nunca me pagou gostaria de saber qual valor justo que posso cobrar dela hoje. obrigada!

  28. sonia disse:

    gostaria de saber um valor aplicado na poupança de R$ 100.000,00 em janeiro de 2004, quanto valeria hoje setembro de 2013.
    Obrigado,
    fico aguardando resposta pelo e-mail.

    Sônia

  29. amanda disse:

    olá boa tarde, gostaria de saber o valor que vou ganhar na justiça, o valor da causa é de 4308,88 referente a parcelas de seguro desemprego, com data de dispensa em 30/07/2008 e 03/03/2012..
    o valor vai ser corrigido pelo ipca-e e acrescido de juros de 0,5% ao mes a contar da data da citação.. o juiz julgou dia 05/09/2013.. Obrigada

  30. Marie Josette disse:

    Ola Beto,
    Tenho uma divida de 2000.00 dolares que me foram emprestados por uma amiga em 2003 ( nao me lembro do mes).
    Quero devolver uma quantia compativel com os 10 anos que se passaram. Sem fazer qualquer calculo, pensei em 5/6000,00 USD.
    Estou muito aquem ?
    Grata,

  31. Ubiraja Sales disse:

    Boa noite Beto,
    Ganhei uma questão na justiça no valor de dez mil reais (janeiro de 2002 a outubro de 2013) o juiz mandou que fosse calculado juros e correção monetaria em cima desse valor, gostaria por favor que vc me ajudasse fazendo pra mim esse calculo para saber o valor mas ou menos quanto terei direito.
    Desde já agradeço.

  32. francisco disse:

    Olá, Beto.
    Tenho um plano Brasilprev tradicional, com rentabilidade IGPM + 6% a.a. Acontece que já estou na fase de recebimento do benefício na modalidade renda mensal vitalícia.Já se passou um ano do recebimento da primeira renda mensal (01.10.2012), porém até agora não houve atualização da renda mensal. Além disso, o Consultor da Brasilprev me informou que o reajuste só seria atualizado com o indexador estipulado em contrato, ou seja, IGPM, e não incide mais os juros de 6% a.a. já que essa rentabilidade mínima garantida pelo Plano só ocorre na fase de diferimento e que depois de concedido, o benefício sofre apenas atualização monetária (IGPM). Senti-me enganado pelo vendedor do plano que havia garantido que o benefício também seria reajustado pelo indexador mais juros de 6%. Li e reli todas as cláusulas do contrato, que por sinal são muito confusas e não esclarecem muito bem, especialmente quanto a atualização do benefício. gostaria que me desse uma orientação a respeito e quais os meus direitos.
    abraços.

  33. Beto Veiga disse:

    Olá, Francisco,
    Preciso do contrato para poder saber o que foi acordado.
    De certo modo, a correção pelo IGPM pode ser suficiente, vez que os 6% são fixos e já podem ser incorporados à parcela.
    Abraço do Beto

  34. Gi disse:

    Bom dia!
    Gostaria de saber se também consigo por vocês atualização de cálculos judiciais.
    Pois tenho ação judicial a qual fui sentenciada a pagar um valor. Sendo que ainda não recebi o valor atualizado e pelo ressesso judiciário não receberei a informação rápida.
    O valor é 6.494,93 de 15/02/2009
    Informaram que será precisa ser atualizado com:
    Atualização Monetária, INPC, juros judicial 1% e juros contratuais de 11,40%.

    Agradeço a atenção e fico no aguardo de resposta.
    Atenciosamente,
    Gi

  35. antonio americano do brasil borges disse:

    Como calcular sobre saldo mensal de FGTS juros de mora pela SELIC?
    A CEF (CAIXA) foi condenada a atualizar minha conta a partir de fev/1989 e dai mensalmente aplicar juros de 6% a.a. do FGTS e a partir de fevereiro/2005 mais a taxa SELIC.
    Então mensalmente, sobre o saldo anterior aplico a taxa do FGTS, de fev/89 a jan/2005 e a seguir taxa do FGTS mais taxa SELIC.
    Taxa FGTS tenho a da CEF e a taxa selic, onde encontro e como aplicar mensalmente?
    Agradeço a atenção.
    Atenciosamente

  36. Carlos Jose Gomes da Silva disse:

    Bom dia Beto.
    Eu e um amigo estrangeiro compramos um terreno. Ele deu os US 13.000,00 que era o valor do terreno. Eu fui pagando IPTus , melhorias no terreno , projeto de construção etc em reais e em cada data que eu pagava eu transformava em dolar pela media entre a compra e a venda (paralelo) Agora decidimos vender . foi vendido em reais. Como fazemos para dividir o dinheiro , visto que este processo demorou uns 12 anos. Como corrigir o dinheiro de cada um para achar o percentual que corresponde a cada.

  37. Beto Veiga disse:

    Olá, Carlos,
    Eu não saberia dizer qual a forma mais justa, mas a pessoa que pagou em dólares no começo, poderia fazer jus a uma correção com base nos juros em dólares. Todas as parcelas pagas por ele e por você seriam corrigidas por esses juros e, a partir daí, se chegaria ao percentual de cada um na compra. Se não quiser complicar muito, simplesmente calcule quantos dólares cada um pagou e divida.
    Abraço do Beto

  38. Gledson Paulo disse:

    Caro Beto Veiga, Boa Tarde!

    Fiz a compra de um notebook marca CCE no dia 30/07/2013 no valor de R$ 1.299,00 numa loja de Imperatriz – Ma, infelizmente o produto apresentou seguidos defeitos após 7(sete) meses de uso, entrei em contato com fabricante que me pediu que enviasse o produto para correção do problema na fabrica, ocorreu que passaram mais 30 dias e o notebook não reparado, iniciou-se então o processo de ressarcimento do valor do produto, minha pergunta é, como é feito os cálculos, acabo de receber um e-mail informando que o valor corrigido é somente de R$ 1.344,32 como eles chegaram a esse pífio valor depois de 9 meses? Você pode me dá uma orientação, desde já agradeço pela sua disposição.

    Abraços

  39. Gledson Paulo disse:

    Caro Beto Veiga, Boa Tarde!

    Fiz a compra de um notebook marca CCE no dia 30/07/2013 no valor de R$ 1.299,00 numa loja de Imperatriz – Ma, infelizmente o produto apresentou seguidos defeitos após 7(sete) meses de uso, entrei em contato com fabricante que me pediu que enviasse o produto para correção do problema na fabrica, ocorreu que passaram mais 30 dias e o notebook não reparado, iniciou-se então o processo de ressarcimento do valor do produto, minha pergunta é, como é feito os cálculos, acabo de receber um e-mail informando que o valor corrigido é somente de R$ 1.344,32 como eles chegaram a esse pífio valor depois de 9 meses? Você pode me dá uma orientação, desde já agradeço pela sua disposição.

    Abraço

  40. Gustavo disse:

    Tenho um valor de 24.190,32 a ser corrigido pela taxa de ipca acumulado desde janeiro de 2014 . No entanto o referido valor,por se tratar de dívida para com a união será parcelado em 60 meses e a previsão para desconto iniciará em novembro de 2014, devendo ser corrigido pelo IPCA residual a cada 6 meses e dividido pelas parcelas restantes. Como fazer?

  41. João Carlos disse:

    Olá Beto! Preciso atualizar taxas de serviços prestados na emissão de decumentos que, anteriormente, tinham a validade de 5 anos após sua emissão e agora passarão a ter 10 anos de validade. Como você sugere equacionar isso?

    Abraço!

  42. Beto Veiga disse:

    Olá, João Carlos,
    Desculpe, mas não entendi sua pergunta.

  43. Mauricio S. disse:

    Ola tudo bem? por favor me ajude 1°tenho uma divida de 1000,00 por mês, esta atrasada desde 22/04/14,em 30/04, paguei 500,00, em 26/o8,:3861,00.quanto ainda devo considerando que emprestei à 3%/mês.obrigado.

  44. Célia disse:

    obrigada!

Deixe um comentário




Se você quiser uma imagem no seu comentário, cadastre-se no Gravatar.