14 Comentários


  1. Bela iniciativa Beto!

    O material está muito bem organizado, de forma clara, fácil leitura, explicatico e didático.

    Para aqueles que se acomodaram nos fundos, esta sua apostila desmistifica o investimento em CDBs. E ao invés de pagar taxas de administração para os bancos, R$ 10 pela informação é mesmo um custo simbólico. Em pouquíssimo tempo de aplicação ele já se dilui no ganho em rentabilidade.

    Sucesso

    ^v^

  2. Amigo, por gentileza me responda, se eu investir todo mês o valor de 2000,00 reais num CDB ou RDB durante 2 anos, qual o valor aproximado do resgate? obrigado !

  3. Author

    Olá, Milson,
    Esta sua pergunta é um pouco dificil de responder com precisão, embora serja fácil, e você mesmo irá clacular, se quiser uma estimativa.

    É difícil a precisão porque não sei qual será o percentual das taxas de juros que você irá receber, se é pré ou pós, finalmente, qual será a taxa de juros daqui para frente.

    Use a calculadora que eu coloquei no blog para simular algumas possibilidades.

    Se quiser uma idéia para a taxa de juros que irá utilizar, sugiro para hoje (16/11/2009) o valor de 8,75% anual.

  4. Olá Beto, gostei muito do seu site. Bem, eu não tenho muito dinheiro para investir e nem entendo a fundo de mercado financeiro, mas gostaria de passar a entender e realmente entrar nesse mundo. Depois do que li aqui, fiquei interessada no CDB (mais o pré do que o pós). Você acha uma opção sensata para quem tem p investir, de início, entre 500 e 1000 reais?

  5. Oi Beto, valeu pela resposta. Como te disse, sou iniciante, então, se comprar os dois (CDB e TD) e estudá-los, vou entender tranquilo e estarei pronta para tomar minha decisão? Estou super empolgada em me tornar uma businessgirl rsrs

  6. Bem, já pedi os 2 na promoção. Daí, qdo pagar eu recebo dentro de qto tempo? no meu email mesmo ou como é? Obrigada Beto.

  7. Author

    Olá, Fabiana,
    Muito obrigado pela aquisição dos e-books.
    Com relação ao primeiro comentário, será o primeiro passo para se tornar uma businessgirl ;)!
    Quanto à tomada de decisão, sim, com certeza você estrará muito mais preparada e evitará tropeços nos seus investimentos.
    No que ser refere ao recebimento dos e-books, por favor, cadastre o e-mail duvidas.financas (arroba) bol.com.br na sua lista de endereços para evitar que ele finque preso no sistema anti-spam.
    Os e-books são rapidamente enviados, mas ocorre de algumas vezes o e-mail do comprador bloquear a entrega.
    Abraço do Beto

  8. Beto,

    Boa tarde !

    A pergunta pode parecer idiota, mas sou leigo em aplicações/investimentos então tenho de perguntar a você, que pelo que já li é tem muito conhecimento no assunto.

    Eu já tenho Previdência Privada (PP).

    Gostaria de abrir uma PP para minha esposa que tem 51 anos e pretendo contribuir até os 60 anos, ou seja 9 anos ou 108 contribuições.

    A idéia consiste em:

    Aplicar R$ 50.000,00 na poupança e transferir todo mês R$ 600,00 reais, considerando um rendimento mensal na poupança de 0,5% ao mês no final dos 9 anos, supostamente estarei praticamente zerado com o saldo da poupança.

    Será que no fim o resultado será compensador, visto ter a intenção de aplicar no PGBL (para descontar no IRPF) e no regime regressivo de impostos.

    Abraço,

    Flávio Eduardo

  9. Author

    Olá, Flávio,
    Eu preciso de um pouco mais de informação para lhe responder.
    Entre em contato por e-mail.
    Abraço do Beto

  10. Dúvida:

    Beto! Boa trde.
    1. Tenho uma casa que fora finaciada em 1977, e logo depois o prietário ingressou na justiça liminarmente requerendo a equipação salarial.
    2. Foram pagos as 240 prestações do finaciamento. em 2008, o propietário faleceu.
    Hoje o estado está cobrando uma dívida de R$14.000,00. sobre a diferença da Liminar.
    3. 1ª pergunta: Já não estaria prescrita a cobrança?
    2ª pergunta: com o falecimento do mutuário, a d´vida não estaria quitada?.

    Obrigada pela orientação.

  11. Olá Beto,

    comprei seu livro do Tesouro Direto e resolvi adotar esse investimento para complementar minha aposentadoria.

    Nesta semana tenho ouvido muita coisa sobre a redução dos juros da CEF e Banco do Brasil.

    Isso interfere no tipo de título que devo comprar?

    Pretendo investir no Tesouro com capital inicial de 2000Reais e fazer investimentos mensais de 200Reais.

    Minha intenção é só fazer retiradas depois de 15 anos ou seja, a partir de 2027.

    Quanto aos aportes mensais, seriam do mesmo título? Como funciona isto?

    obrigada,
    regina

  12. Author

    Olá, Regina,
    Muito obrigado por adquirir o livro!
    De certo modo, a redução dos juros da Caixa e BB não têm muita influência no Tesouro Direto. A redução da Selic, sim.
    Com a queda dos juros básicos, fica um pouco mais arriscado comprar papéis pré.
    Os aportes mensais podem ser no mesmo título ou em outros para diversificar. Eu prefiro uma carteira diversificada.
    Abraço do Beto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 1 =