13 Comentários

  1. falou… falou… falou… e não disse nada!

    Ótimo assunto.. mas o texto acabou na introdução..

  2. Author

    Olá, Paulo,
    Desculpe se não me fiz entender, mas o objetivo é dizer o seguinte: não acredite em 10 vezes sem juros. Procure uma loja que venda mais barato a vista, se você não está precisando de crédito.
    Em linha geral é isso.
    Infelizmente, o resultado das ações que tendem a acabar com esta desinformação aos consumidores ainda não está dado. Torço para que acabe e que passemos a 1 – comprar o produto e o crédito ficar para quando precisarmos.
    Abraço do Beto

  3. É Beto. Sonho com o dia em que nós consumidores seremos tratados com respeito. Raramente se vê uma operação parcelada completamente esclarecida. Como fazem com o financiamento de veículos, que informam uma taxa de juros “X” só que na realidade é “X + Impostos (IOF) + Riscos e etc…”
    Há parabéns pelo novo template. Só faltou o Escorpião no Bolso na relação de Blog de Finanças Pessoais…
    É brincadeirinha. Abraço.

  4. Author

    Olá, Aécio,
    Meu irmão, quem não chora, não mama. Está lá o seu link!
    Abração do Beto

  5. Author

    Olá, Aécio,
    Honra é ter você como colaborador. Quando você vai nos dar a graça de mandar um artigo?
    Abração do Beto

  6. Beto, parabéns pelo blog e pelo artigo!

    Esse negócio de comprar a prazo está ficando cada vez mais fácil, por conta dessa explosão de crédito nos últimos anos. Uma pena que a maioria de nossa população não tenha acesso à educação financeira e a blogs como esse. Mas não podemos desanimar! Posts como esse são sempre uma ótima lembrança daquilo que devemos fazer: disseminar a cultura da educação financeira. 😀

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus lhes abençoe!

  7. Betão alfinetando geral! Eitaa. Por isso acompanho esse blog e comento.
    Meu amigo, assim você vai precisar mesmo colocar essa moderação (risos) nos comentários mesmo, pq sempre aparecerão os exaltados!
    Ae, lendo seu belo artigo, lembrei de uma situação que aconteceu comigo, relacionado a falácia de tantas x sem juros (grande mentira praticada no comércio!)
    Numa agência de viagens (uma das principais no Brasil) comprei um pacote promocional para Miami. Fiquei satisfeito com o preço do pacote e adquiri. Foi-me oferecido em tantas x vezes sem juros, aí implorei o descontinho à vista. O vendedor e a supervisora se esquivaram, e colocaram a culpa na financeira.
    Por incrível que pareca, agora vem a dita bomba: fui recomendado pela agência de viagens a comprar o pacote parcelado e depois negociar com a financeira a quitação da dívida, mediante desconto… Pode?
    Eu paguei a vista é claro, pois o que menos quero é ter que me envolver com bancos e financeiras…Mas pra quem ta disposto a se incomodar, esse artigo realmente dá uma LUZ e bons esclarecimentos.
    Abraços!!

  8. Author

    Olá, Diego,
    O negócio no Brasil é vender crédito. Precisamos educar os consumidores.
    Abração do Beto

  9. Ressucitando o tópico…

    O problema é que não há quem defenda (de verdade) o consumidor. A farra do crédito tá comendo solta, o consumidor é o maior prejudicado e… tudo bem!

    Já tentou comprar um carro à vista, numa concessionária? Se disser que é à vista, o vendedor até te vira as costas… Claro, ele ganha mais da financeira para te vender o crédito, do que da loja, para te vender o carro! Daí ele prefere vender o mesmo carro, a crédito, para outro (já que tá assim de gente querendo comprar em suaves prestações).

    E apartamento? Pior ainda! A construtora nem tira mais dinheiro do bolso! Levanta o prédio com dinheiro da financeira, e você só pode comprar da financeira… E aceitar os termos dela (30 anos, mesmo valor que a vista).

    Quer desconto para pagar à vista? Compre usado. Pessoa física, quando vende, é porque precisa de dinheiro vivo. Você tem? Faça uma oferta.

    Até o dia que as financeiras começarem a se meter também nas transações PF x PF. Quando esse dia chegar (e ele VAI chegar, sabemos), não sei o que será dos nossos bolsos.

  10. Author

    Olá, Léo,
    Muito bem! Concordo plenamente.
    Abraço do Beto

  11. Pois é Beto, para os consumidores que pretendem comprar à vista, também há penalização e ainda leva fama de ser burro!
    Absurdo, você chegar em uma loja e comprar à vista um produto pelo mesmo preço de 10 vezes sem juros.
    Então deduz-se que quem compra à vista leva prejuízo (ou fama de não raciocinar).
    Uma coisa que não entendo, como fica o FLUXO DE CAIXA das lojas que vendem em 10 vezes sem juros?
    Abraços.

  12. Bom Dia,

    Recentemente fui comprar um celular, solicitei ao vendedor que parcelasse em apenas 3 vezes,porém ele disse que em 3 vezes teria juros e que em 10 vezes não. Sei que não existe parcelamento sem juros, mas a lógica de que em 3 tem juros e 10 não tem acréscimos não consigo entender.

    Gostaria muito de um esclarecimento, pois não é a primeira vez que isso acontece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 3 =