3 Comentários

  1. Beto, parabéns pelo trabalho! Qual o risco de usar o cartão como ferramenta de giro? Concentro todas as despesas neste meio e pago sempre o total da fatura, evito ao máximo parcelamentos (principalmente os superiores a 3x) e enxergo na fatura uma boa forma de visualizar a disperção dos gastos. Contudo a fatura é sempre um retrovisor e não consigo cumprir um planejamento para o mês seguinte. Alguma dica? Abs!

  2. Que ótimas dicas! Se segurar para não estourar o cartão é tão difícil, mas vou tentar colocar suas ideias em prática.

  3. Concordo Beto. Realmente ira nos ajudar a controlar nossas finanças .. valeu ..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 2 =