5 Comentários

  1. em que situação o banco pode excluir a conta de um cliente sem que o mesmo tenha autorizado (caixa econômica federal)

  2. Author

    Olá, Arlindo,
    Atualmente, o banco pode encerrar a conta se for do interesse da instituição, caso a conta esteja aberta a pouco tempo. Infelizmente, esta é uma decisão, da qual discordo, do STJ. Mas isso não significa que você não possa ter a sua conta mantida judicialmente.
    Reiterando, se você tem a conta há muito tempo, o banco tem que justificar o encerramento.
    Para saber mais, clique aqui.
    Abraço do Beto

  3. Dr. Beto,
    Sou aposentado do INSS e li sua explanação. Mas gostaria de saber se tem como abaixar as parcelas dos meus empréstimos a título de juros abusivos, pois eu fiz os consignados e quero pagar, mas estou enforcado, sendo que qualquer desconto já iria ajudar muito. Não tenciono fazer renegociação pois temo que aumente o prazo e a coisa fique pior

  4. Author

    Olá, João Carlos,
    A situação do crédito consignado é um pouco difícil, porque a instituição financeira já “vê” o seu dinheiro todo mês, quer você queira, quer não.
    Assim, o máximo que você poderia fazer era entra em contato com o banco e requerer uma redução de juros sem aumento de prazo.
    A saída judicial hoje está bem difícil, em função da necessidade de provar que os juros estão abusivos e, para isso, teria que demonstrar que eles estão muito acima da média praticada pelos outros bancos.
    Como a média já é alta, provavelmente o seu caso não seria o de juros abusivos sob este conceito equivocado por parte do judiciário.
    A última medida que vejo é você procurar uma outra instituição para fazer a chamada portabilidade. É um caminho possível. Talvez a única maneira de encontrar alguém com taxa mais barata e transferir sua operação para este banco. Tome cuidado com a questão que você levantou de alongamento do prazo. O novo banco pode, em vez de oferecer portabilidade para você, que é isenta de IOF (imposto devido nas operações de crédito e que você já pagou na operação original), realizar uma nova operação, com prazo mais longo e com a cobrança, inclusive, deste imposto novamente.
    Abraço do Beto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 5 =