4 Comentários

  1. Caro Beto,

    Fiz algumas simulações no Excel comparando uma LFT e um CDB pós. A LFT comprada via Tesouro Direto é uma boa opção para quem vai guardar o dinheiro para mais de 5 anos em comparação a um CDB que pague 98% do CDI. No meu ponto de vista o Tesouro Direto é bom para aplicações pequenas e/ou de longo prazo. O problema do CDB é que o Fundo Garantidor de Crédito cobre até 60 mil reais e para conseguir taxas competitivas ele vai ter que desembolsar mais que esse limite.

  2. Realmente é surpreendente como as pessoas são desavisadas/desinteressadas em relação a investimentos. Elas preferem pagar taxas absurdas só pelo comodismo de não ter que se informar.

    Eu, normalmente, só invisto no tesouro direto quando se trata de investimento de renda fixa pois é bem mais barato e seguro.

    Nos links abaixo há uma explicação mais detalhada sobre o que é e como funciona o tesouro direto. Gostaria de deixar registrado aqui para complementar o seu post:

    http://www.monacoonline.com.br/blog/?p=85
    e
    http://www.monacoonline.com.br/blog/?p=89

    Esse blog do monaco online possui artigos diversos sobre investimentos e finanças pessoais e tenta ajudar as pessoas a ter um conhecimento melhor do mundo das finanças.

    Abraço.

  3. Urano,

    Nesse artigo tem um link para um CDB oferecido pela corretora Fator que paga mais de 100% do CDI mesmo para quantias consideradas baixas pelos bancos do varejo:
    http://www.monacoonline.com.br/blog/?p=10

    Como eles pagam uma boa taxa para os valores “baixos”, vc pode ter o melhor dos dois mundos: um rendimento maior e também a cobertura do FCG.

    🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 8 =